Catástrofe Na Região Serrana – Friburgo

 

chuvas-nova-friburgo-rio-janeiro-20110112-size-620
Boa tarde Srs , após 22 dias de atuação na tragédia que atingiu a região serrana de nosso estado o Grupo Granito de Montanhismo e Emprego Humanitário vai se retirando da área de operações em Nova Friburgo , retiramos 95% de nosso efetivo da cidade , claro que não nos retirando totalmente, deixamos em nossa base avançada no Bairro de Maria Tereza um efetivo de 5 integrantes com a missão de comandar e organizar as ações de uma equipe irregular formada por voluntários e amigos locais durante mais uma ou duas semanas .

5gexy25bd9qkm318x4t1z4bl9  

Em 26 anos de Grupo e 7 atuações de apoio a catástrofes e acidentes diversos nunca ví e nem participei de nada parecido , um cenário de diversas cenas e historias : casas e automóveis despedaçados pela força das águas e de avalanches de pedras e lama , pessoas andando sem rumo , outras chorando , animais domésticos sem donos , crianças sem pais , pais sem filhos , corpos , mal cheiro , bairros ou vilarejos totalmente soterrados ou destruídos  parecia mais um cenário de guerra daqueles de filmes dignos de Oscar de efeitos e imagens.

 

1808265901

Passado o primeiro momento onde a preocupação eram chamados de novos desabamentos , resgates de corpos ou possíveis sobreviventes veio a segunda parte ( acredito que ação deve ter mais umas 20 partes) a missão agora era o resgate de pessoas distantes e inacessíveis , distribuição de suprimentos e a desobstrução de acessos mesmo que de forma improvisada , resgatamos e auxiliamos pessoas que estavam em distancias acima até de 40 Km da base de operações , percorremos distancias a pé acima de 15 Km.

 

images

 

Balizamos zonas de pouso , organizamos distribuição de toneladas de mantimentos , fizemos atendimentos ambulatoriais no meio da rua , na chuva , na mata , na lama de dia e de noite , só para se ter ideia no segundo dia da tragédia nos hospitais já tinham realizados 338 atendimentos de feridos com fraturas múltiplas no corpo , entre algumas historias somadas as que vcs já viram em reportagens temos algumas marcantes : uma professora chorando por que tinha perdido 74 alunos de um único colégio sendo que uma única classe morreram todos , de animais de estimação que se recusavam a abandonar o lar ou os corpos de seus donos , um garoto de uns dez anos responsável por salvar toda sua família e guia-los pela mata 30 horas até a cidade , um menino na fila de doações que não tinha mais ninguém que perdeu sua família , de um voluntario que perdeu 22 membros de sua família e no dia seguinte descobriu que tinha lhe sobrado um filho de um relacionamento que nem ele sabia e esse mesmo cara trabalhou no resgate orientando o trabalho dos helicópteros , me perdoe senhores são muitas historias a nossa reunião do próximo sábado será longa .
Jadson Marques/AP

Quero parabenizar o Grupo Granito pela excelente atuação nesta operação que a batizamos no primeiro momento Caixa de Pandora e passou a se chamar OPERAÇÃO CORRENTE DO BEM nossa missão constituía : resgate, salvamento, evacuação, distribuição, proteção ,organização, confortar, orientar, tratar, desobstruir, escolta , balizamento, primeiros socorros, reconhecimento e balizamento. 
rio-chuvas-tragegia-20110116-06-original

Atingimos 30 áreas em 16 bairros 313 resgates de corpos e de 6 pessoas com vida , desobstruímos 5 acessos , fizemos 19 reconhecimentos , fizemos 157 atendimentos de saúde , fizemos 30 balizamentos sendo que em um foi montada uma zona de pouso , fizemos a entrega de 730 mantimentos no posto e 38 entregas em locais diversos , tivemos 8 integrantes e colaboradores feridos em ação e conseguimos mobilizar 142 integrantes entre presentes no local e os que deram suporte a distancia , me sinto muito orgulhoso de presidir esta entidade que faz valer todos os nossos lemas .

 

Imagem 253

Quero agradecer as autoridades locais principalmente o 6º GBM de Nova Friburgo pela confiança a nós depositada e pela responsabilidade e autorização na organização de uma base avançada , ao povo de Nova Friburgo pela receptividade e carinho , aos amigos que somaram força de todas as formas , aos familiares que nos apoiaram e entenderam a nossa missão , aos nossos responsáveis profissionais e empregadores pela liberação de nossos pontos de trabalho e sensibilidade perante esta situação , agradeço também aos nossos grupos coirmãos que somaram força : 34º Grupo de escoteiros ( Gibraltar) e ao ES-TARS.

 

Rui Alexandre

 

Presidente

tumulos-da-chuva

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *