Guia de trilhas – saiba como escolher

AOS PRATICANTES DE ESPORTE DE AVENTURAS : PRINCIPALMENTE AQUELES QUE COLABORAM PARA PRESERVAÇÃO DA PRINCIPAL MATERIA PRIMA , A NATUREZA

Peço a atenção e reflexão de todos : praticantes , guias , administradores e turistas desatentos , pratico eco turismo e esportes radicais a mais de 3 décadas já vi e participei de quase tudo neste meio, desde de situações e acontecimentos , infelizmente vejo hoje em dia uma política administrativa no mínimo controversa em relação a administração e conservação dos parques nacionais pelas entidades publicas e particulares contratadas .

Vou direto ao assunto : estive no dia 11/04/2015 ao parque nacional do XXXXXX na intenção de ir ao pico principal , me deparei pela enésima vez com a seguinte situação :

Ocupação de trilhas e seus destinos eram por ordem de chegada e pagamento .

Seria uma situação super normal se estivéssemos falando de : parque de diversões , cinema , shopping , circo , festa ou qualquer outro tipo de eventos dentro de locais considerados de “ perigo” sob controle , sendo que estamos falando de uma atividade na natureza onde o homem não controla questões naturais desde de, o terreno somados a clima e tempo horário.

Vamos as situações que merecem atenção :

1 – Sendo por ordem de chegada e pagamento qualquer um digo qualquer um pode chegar na portaria e assumir um grupo como guia. Aff

2 – Sendo por ordem de chegada e pagamento os primeiros tem o direito de escolher a rota não interessando o grau de dificuldade e o conhecimento do “guia” nesta rota e quantidade.

3 – Não é verificada se a equipe que acompanha este guia tem condições ou se esse guia tem os conhecimentos mínimos necessários .

4 – Não é verificado se o guia ou sua equipe possui os equipamentos básicos de segurança e proteção dos seus guiados desde equipamento mínimo de atividades em montanha , primeiro socorros , mudança de clima , perda de luz , equipamentos de comunicação.

5 – Em muitas pessoas compõem essas equipes não conseguem chegar nos destinos escolhidos a tempo ou nem chegam ficam soltos pelo caminho e com isso também acabam atrapalhando outros excursionistas.

6 – situação muito comum e mais grave ainda QUE É UM AVISO AOS ÓRGÃOS , EXCURSIONISTAS E AOS PSEUDO GUIAS muitos desses guias saem dos parques sem mesmo se quer esperando as equipes que eles estavam guiando , saem com pressa com dinheiro no bolso e o que é pior OS RESPONSÁVEIS PELO ACESSO AO PARQUE NEM PREGUNTAM A ESTE GUIA SE ELE ESTA SAINDO COM A EQUIPE COMPLETA !!!!! ou se tudo correu bem.

FALO COM PROPRIEDADE POR QUE VI TUDO ISSO RECENTEMENTE NO DIA 11/07 EM ITATIAIA E JÁ PARTICIPEI NESSES MAIS 30 ANOS DE INUMEROS RESGATES EM ITATIAIA E NA SERRA DOS ORGÃOS ONDE A MAIORIA DOS PROBLEMAS FORAM POR ESSAS QUESTÕES ,já tive o desprazer de transportar cadáveres de pessoas , pessoas com fraturas e outros sinistros , já vi pessoas torcerem o tornozelo a menos de 100 metros do portão de saída de parques nacionais !!!

Já participei de mutirões em parques , já promovi manutenções de iniciativa própria , já combati incêndios , fiz resgates já dei palestras e hoje percebo que os parques nacionais evitam interação com grupos de excursionismo ou guias antigos EXPERIMENTADOS EM SITUAÇÕES REAIS que não estejam pagando taxas a federações ou associações por medo de ficar devendo algum favor a essas equipes .

Terceirizam serviços onde os próprios funcionários são mal remunerados e equipados , cobram caro e só se preocupam de fato com o tal de quem chegou primeiro , pagou primeiro ou pagou mais .

Senhores vejo guias ou chamados responsáveis preenchendo fichas de responsabilidades onde não preencham o mínimo questionário sobre conhecimentos mínimos ou currículos , sem relacionar equipamentos e seus planos de contingência caso a sua atividade sofra alterações no seu desenvolvimento . 
Tragédias e insatisfações anunciadas !!!!!


Como escolher um bom guia?
Atendendo a um pedido de alguns amigos , aqui vão algumas perguntas que poderiam ser feitas a “guias ” ou “empresas ” que se dispõem a guiar atividades de campo ou eco-turismo .

Claro que fiz baseado em minhas experiências pessoais e profissionais , podemos acrescentar mais perguntas e estou a disposição para responder algumas ( inbox ) mas antes de qualquer sabatina, aconselho a leitura de dois artigos que escrevi anteriormente sobre este assunto :

Tivemos um “guia” perdido na serras dos órgãos que segundo testemunhas que participaram do resgate alem de pouca experiência o mesmo sofria de alguns probleminhas pessoais de saúde rs :

VOCÊ É GUIA ?
GUIA DE ATIVIDADE GRANDE , PEQUENA OU TODO TIPO DE ATIVIDADE ?
GOSTARIA DE TE FAZER UMAS PERGUNTAS E LHE TRAZER A UMA REFLEXÃO MAIS APROFUNDADA SOBRE O TEMA SOU GUIA DE VERDADE OU COADJUVANTE.

1 – QUAL A SUA EXPERIENCIA COMO GUIA E NÃO COMO PRATICANTE ?

2 – A QUANTO TEMPO ?

3 -TAMBÉM POSSUI CERTIFICAÇÃO OU QUALIFICAÇÃO ? OU EXPERIENCIA EM ALGUMA ENTIDADE ?

4 – QUAL O NUMERO MAXIMO DE PESSOAS QUE VOCÊ GUIA POR CLASSIFICAÇÃO DE ATIVIDADES ?

5 – QUANTOS AUXILIARES VOCÊ EMPREGA POR ATIVIDADE CLASSIFICADA E POR QUANTIDADE DE PESSOAS ?

6 – QUAIS SÃO SEUS EQUIPAMENTOS BÁSICOS POR CLASSIFICAÇÃO DE ATIVIDADE ?

7- QUAIS SÃO OS EQUIPAMENTOS BÁSICOS QUE VOCÊ EXIGE DOS PARTICIPANTES POR CLASSIFICAÇÃO DE ATIVIDADES ?

8- CLASSIFIQUE EQUIPAMENTOS DE SEGURANÇA COLETIVA ?

9 – COMO VOCÊ FAZ O ESTUDO DE ÁREA DE ATUAÇÃO DA ATIVIDADE ?

10 – COMO VOCÊ APLICA OS HORÁRIOS SOB O OBJETIVO , TEMPO DE DESLOCAMENTO ?

11 – COMO VOCÊ APLICA O ESTUDO DE CONDIÇÕES METEREOLOGICAS ?

12 – VOCÊ SABE OU UTILIZA A INFORMAÇÃO DO HORÁRIO VESPERTINO E MATUTINO NA APLICAÇÃO DE DESLOCAMENTO ?

13 – CITE UM LUGAR QUE VOCÊ FREQUENTA E DIGA ONDE FICAM AS UNIDADES E ENTIDADES DE EMERGÊNCIA E SEUS CONTATOS DIRETOS ?

14 – VOCÊ DOMINA TÉCNICAS DE PRIMEIROS SOCORROS E RESGATES ?

15- QUAIS SÃO OS ITENS DE PRIMEIROS SOCORROS QUE COSTUMA LEVAR E QUAIS VC EXIGE INDIVIDUALMENTE ?

16 – VOCÊ JÁ PARTICIPOU DE ALGUM RESGATE OU SINISTRO EM ATIVIDADES ? QUAL FOI O SUA ATUAÇÃO ?

17 – COMO VOCÊ CLASSIFICA AS PESSOAS QUE PODEM PARTICIPAR DE ATIVIDADES ?

18 – VOCÊ SABE QUAIS SÃO OS PROCEDIMENTOS DE SEGURANÇA EM DESLOCAMENTO EM TEMPESTADES REPENTINAS ?

19 – COMO VOCÊ AVALIA RISCOS SOCIAIS EM ATIVIDADES E RISCOS NATURAIS ?

20 – VOCÊ CONHECE E DESLOCAMENTO NOTURNO E EVACUAÇÃO NOTURNA ?

21- VOCÊ CONHECE APLICAÇÃO DE EQUIPAMENTOS ?

22 – O QUE VOCÊ CONHECE SOBRE ACLIMATAÇÃO E EFEITOS FISIOLÓGICOS DE AMBIENTE ?

23 – COMO VOCÊ APLICA AS COMUNICAÇÕES EM SUAS ATIVIDADES DESDE INTERNA QUANTO A EXTERNA?

24 – VOCÊ CONHECE LEGISLAÇÃO AMBIENTAL ?

25 – O QUE VC ENTENDE DE PLANO DE CONTINGENCIA E SITE ALGUNS QUE VC TEM OU QUE JÁ APLICOU ?

26 – VC TEM UM MAPEAMENTO DE PONTOS DE COMUNICAÇÃO EM SUAS ATIVIDADES ?

27– VC TEM UM PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO INTERNA E EXTERNA EM SUAS ATIVIDADES ?

28 – VC TEM UMA EQUIPE DE APOIO E PRONTIDÃO ?

29 – QUAIS SÃO SEUS CONHECIMENTOS EM : MONTANHISMO , NÓS E AMARRAÇÕES , PRIMEIROS SOCORROS , ORIENTAÇÃO , TRANSPOSIÇÃO DE OBSTÁCULOS , COMUNICAÇÃO OPERACIONAL , SOBREVIVÊNCIA , DESLOCAMENTOS , METEOROLOGIA , NÍVEIS DE RAPEIS E SUAS APLICAÇÕES , PREPARAÇÃO DE VIAS E ROTAS , OBTENÇÃO DE FOGO E ÁGUA , ABRIGOS , COMBATE A INCÊNDIOS , RASTREAMENTO , FAUNA E FLORA LOCAL , TRANSPORTE E EVACUAÇÃO DE FERIDOS , MANUSEIO E MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTO ESPECÍFICOS .

Por: RUI ALEXANDRE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *